22/06/2013

Despertando.




Enfim aconteceu. A primeira geração pós-ditadura militar emitiu um grito preso na capitail do país para anunciar que  não aguenta mais; que não é esse o Brasil que se quer, com partidos movidos pelo dinheiro, com acordos entre o Executivo e o Legislativo num jogo deprimente de corrupção aberta e impune; com a violência comandando as populações das capitais com assaltos, homicídios, insegurança,falta de hospitais dignos, de transporte público de qualidade, polícia mal preparada, dentre outros vários direitos que deveriam ser garantidos com qualidade pelo estado. A última manifestação cidadã, a dos caras-pintadas, que derrubou Fernando Collor do poder, tinha um objetivo determinado: construir um democracia limpa, sem corrupção num Brasil novo. 
Aquela geração nasceu nos anos 70, quando os militares comandavam a ditadura, quando se torturava, quando não havia direitos individuais nem liberdade. Esta geração de agora que ocupa as ruas demorou a explodir e fazer o que a todo o jovem compete, mas sua consciência despertou e os jovens foramas ruas e não vão parar até alguma mudança ocorrer.
Lutar por um País prometido e que não aconteceu. Dominado por uma casta de políticos sem ética, integrantes de partidos sem ética, assistindo à troca de favores, a gastos públicos descomunais; , as grandes incorporações incrustadas nos ministérios, sugando o que podem. Haveria de acontecer e, de repente, aconteceu a revolta com se houvesse de cima uma voz de comando ecoando por toda a Nação. Fico extremamente feliz por isso estar acontecendo, mas ainda sou a favor de protestos sem violência, pois com violência abrimos margens para que os policiais possam usar de violência contra a gente.
Indo em alguns movimentos sociais , sei o tanto que a polícia é opressora e o tanto que se apanha de graça nas ruas. Mas quem fica em casa vendo TV, alienado do mundo ou protestando no facebook, não deve saber que essa realidade existe e deve achar realmente que os policiais estão revidando, triste ilusão,  pois isso nós aprendemos na rua. Somos uma geração onde a polícia tenta nos tirar o direito de voz, agindo com brutalidade na maioria das  vezes. Uma polícia militar mal preparada. 
Nestes movimentos que estão ocorrendo não devem haver lideranças, não há comandos. O que existe mesmo é uma revolta geral que haveria de explodir para não continuar ouvindo mentiras de políticos, de autoridades do Executivo e de instituições tortas.Foi uma explosão e tanto!
É hora do basta, somos a geração da revolução tão esperada , que nossos pais tentaram fazer. Os movimentos não podem parar até alguma coisa mudar!
Democracia vem da palavra grega “demos” que significa povo.
Nas democracias, é o povo quem detém o poder soberano sobre o poder legislativo e o executivo.

Isso na teoria, porque na prática, nós cidadãos sabemos como realmente funciona.


Fonte: http://revolucaodosindigos.wordpress.com/ 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Verá com melhor nitidez esse site, com os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Obrigada, pela visita. Beijos de luz violeta na alma.

Tempo real da Terra e da Lua