18/11/2014

E se o Amor de sua vida chegasse hoje? O que você faria?



 Rosana Braga ::

Você vive mentalizando o encontro com o amor da sua vida? Leva a sério a lei da atração quando o assunto é relacionamento que você deseja viver? Fica observando os casais felizes, andando pelas ruas de mãos dadas, e desejando ardentemente ter alguém para ser sua companhia em todas as horas?

Imagine se você descobrisse uma maneira de chegar lá. Sim, lá no ponto de encontro. No lugar exato onde o seu grande amor estaria a te esperar... Lindo, cheiroso, bacana, bem-humorado, gentil, carinhoso, admirável. E com um sorriso iluminado, de braços abertos, chamando o seu nome.

Muito bom para ser verdade? Duvidou da existência dessa pessoa? Talvez a questão então, seja acreditar profunda e sinceramente nesta possibilidade. Mas, não só acreditar que uma pessoa assim, tão especial, exista mesmo. Mais do que isso, a questão que realmente importa, é você se questionar: ''E eu, combino com essa pessoa? Dou conta de ser parceira de alguém com todos esses adjetivos?''

Se algum amigo seu saísse com você e a pessoa dos seus sonhos, que certamente tem essas e muitas outras qualidades, diria algo como: ''Nossa! Como vocês são parecidos!'' Ou seja, você - assim como a pessoa com quem deseja viver uma história de amor - também está linda, cheirosa, bacana, bem-humorada, gentil, carinhosa e admirável? Você também vive com um sorriso iluminado no rosto e de braços abertos para o amor?

Não sei quais são as suas respostas para essas perguntas, mas sei, ou melhor, tenho certeza de que é preciso antes ser como essa pessoa que você desenha para estar ao seu lado, para depois atraí-la. E o problema é que a maioria das pessoas que estão em busca de um grande amor, desses que valem mesmo a pena, esquecem de investir no ponto de partida, no motivo que vai justificar o grande encontro.

E sabe o que é pior? Não se trata de não serem legais. Não mesmo! Trata-se de essas pessoas acreditarem que só terão motivos para serem tudo isso depois que encontrarem seu grande amor. Só que, definitivamente, essa não é a ordem que funciona! E se funcionar num primeiro momento, a tendência é que aquele que não estava pronto, perca sua chance, estrague a oportunidade. Bota tudo a perder.

Explico: não tem nada a ver com sorrir na balada, mas voltar para casa se sentindo vazio. Não tem a ver com fotos incríveis nas redes sociais, mas a irritação no dia a dia. Falta de paciência e ingratidão enquanto a câmera estiver desligada. Não tem nada a ver com aparência e sim, com consistência, com coerência. Tem a ver com a capacidade de encontrar os motivos em seu próprio cenário, em sua própria história.

Parece clichê, mas enquanto você não compreender, de uma vez por todas, que um amor de verdade, daqueles que valem a pena, só chega quando seu coração está preenchido e em paz. Senão vai continuar pulando de galho em galho, em encontros tortos, pegadas frouxas e promessas que não se cumprem.

E só você sabe como fazer isso. Só você tem a chave do cofre onde está o seu tesouro. Só você tem acesso e permissão para fazer alterações no sistema do seu coração. E é isso que vai alterar também as suas atitudes, o seu jeito de olhar o mundo, as suas escolhas, o seu poder de atração. É isso que vai tornar você a pessoa perfeita para o seu par ideal!

Fonte: STUM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Verá com melhor nitidez esse site, com os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Obrigada, pela visita. Beijos de luz violeta na alma.

Tempo real da Terra e da Lua