20/07/2010

ELFOS - FILHOS DA DEUSA VARDA


Na exata hora em que Varda, a Senhora dos Céus, reacendeu as brilhantes estrelas sobre a Terra-média, as Crianças de Eru despertaram no Lago Cuiviénen, a "água do despertar". Essas pessoas eram os Quendi, que são conhecidos como Elfos; e quando vieram a existir a primeira coisa que notaram foi a luz das novas estrelas. Por isso os Elfos amam as estrelas acima de tudo e adoram Varda, a quem chama de Elentári, Rainha das Estrelas, acima de todos os Valar. E mais tarde, quando a nova luz atingiu os olhos dos Elfos no momento do despertar, ficou presa neles, e daí vem o brilho dos olhos dos Elfos.


Desta forma Eru, o Único, que os nascidos na terra chamam de Ilúvatar, criou a mais bela e mais sábia das raças. Ilúvatar declarou que os Elfos teriam e construiriam maiores belezas do que qualquer outra raça, que possuiriam as maiores felicidades e a maiores tristezas. Deveriam ser imortais e eternos, e deveriam viver tanto quanto a terra viveria. Nunca conheceriam doenças nem pestilências, mas seus corpos seriam como a terra, em substância, e poderiam ser destruídos. Poderiam ser mortos com fogo ou aço na guerra, ser assassinados ou mesmo morrer de uma grande tristeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Verá com melhor nitidez esse site, com os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Obrigada, pela visita. Beijos de luz violeta na alma.

Tempo real da Terra e da Lua