04/07/2010

História da Terapia das Pedras Quentes

As pedras quentes eram utilizadas por monges, na antiguidade, para controlar a fome quando entravam em processo de jejum. Por isso a técnica auxilia na perda de peso. Além disso, a energia gerada quando as pedras quentes são friccionadas no corpo, chamada de piezoelétrica, diminui inflamações, melhora a regeneração celular, muito indicada também no tratamento anti-celulite.

Apesar de ser uma técnica terapêutica, também pode ser usada para emagrecer.
Os monges, quando ficavam horas em meditação, não podiam parar para comer e as pedras eram aquecidas e colocadas no estômago: é possível tirar a compulsão pela comida.
É clinicamente a aplicação de termoterapia, em que a condução do calor é transmitida ao corpo através de pedras plutônicas formadas na parte baixa do vulcão. Tais pedras foram esfriadas de forma lenta ao longo de milhares de anos, permanecendo em sua composição todo o seu potencial energético e bioquímico, como a olivina policristalina e o silicato de ferro e de magnésio. O calor emanado das pedras é aplicado ao corpo das pessoas por meio de técnicas avançadas de massoterapia alinhada a conhecimentos milenares de geoterapia e termoterapia. Como resultado, proporciona um efeito penetrante sobre o sistema muscular chegando, em alguns casos, a corrigir disfunções de órgãos e vísceras. A temperatura das pedras varia de acordo com a espessura do tecido epitelial de cada pessoa. A energia que provém das pedras penetra profundamente nos músculos, permitindo a limpeza, a desobstrução e a normalização do fluxo energético, que tem nos meridianos o seu principal meio de condução do ki (energia), obtendo-se então, a homeostase orgânica e energética.
Os clientes que recebem a Terapia das Pedras Quentes sentem-se recarregados energeticamente e com capacidade para trabalhar mais e melhor por períodos mais prolongados. Percebem de imediato:

• Um controle oculto do potencial bioelétrico dos meridianos;
• O estado de ansiedade, tensão, apreensão e agitação desconfortável sendo substituídos pela serenidade, relaxamento, calma e paz interior;
• Melhora na circulação sanguínea;
• Aumento do tônus muscular;
• Estimulação de processos fisiológicos como a digestão e a respiração;
• Melhora na mobilidade das articulações;
• Desfazimento de nódulos, eliminação de gordura e combate a celulite;
• Melhora no fluxo da energia vital;
• Alívio de dores na coluna vertebral e outras regiões do corpo;
• Liberação de emoções reprimidas.
Ajudando assim as pessoas a entrarem em contato com o seu eu interior, com a sua realidade e criar uma auto-imagem mais positiva.

Quando elegemos a Terapia das Pedras Quentes como auxiliar num tratamento corporal, ficamos sintonizados com o poder d sintonia dos elemento com as ordens da natureza,
- Os índios usam pedras quentes em seus rituais de cura
- os chineses, desde antes da dinastia Shang, isto é, cerca de 2000 - 1500 a.C, usam-nas para aliviar músculos cansados.
- Há outras culturas que adotam a Terapia das Pedras Quentes no banho. Um exemplo são os russos, que distribuem as pedras no fundo da banheira e deitam-se sobre elas com o intuito de absorver sua energia.
- Outro exemplo é uma ordem de monges japoneses que utiliza as pedras aquecidas no abdômen, após cada refeição.
A Terapia das Pedras Quentes é um presente da mãe natureza reservada a seus filhos para que possam restaurar, completamente, o equilíbrio do corpo e também assumir o controle de suas vidas, permitindo-lhes fazer as escolhas certas.

Usando-se temperaturas diferentes, quentes e frias, sobre o corpo e rosto, consegue-se produzir reações fisiológicas e orgânicas de mais alto benefício para o ser humano
É um método contemporâneo de técnicas multifacetadas, baseado na termoterapia Esta terapia ultrapassa os benefícios fisiológicos de uma massagem, mais do que isto, ela entra na área de maior dimensão do relaxamento puro, e de bem estar. Um equilíbrio interno e emocional é o resultado desta terapia a sensação permanece como ponto de comunicação do homem com a natureza.
A Técnica Massagem com Pedras Quentes ou “Stone Massge” foi desenvolvida em 1994 pela terapeuta Mary Hanigan em Tucson Estados Unidos. Nesta técnica o terapeuta utiliza as pedras vulcânicas, que são ricas em ferro e que armazenam grande quantidade de calor em contato com a pele, elas são pretas, lisas e dificilmente encontradas no Brasil, normalmente são encontradas nos Estados Unidos, vindas da Indonésia.
A terapia das pedras quentes, ou o fato de massagear o corpo com pedras aquecidas e frias, de acordo com a necessidade do paciente, é um conceito moderno, embora já exista há oito aos na Europa e Estados Unidos e também exista referência de seu uso já no Egito antigo e no Velho Testamento. No Brasil, foi introduzida há alguns anos pela esteticista Ala Szerman.

Por Simone Kobayashi de Noronha – Terapeuta Holística

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Verá com melhor nitidez esse site, com os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Obrigada, pela visita. Beijos de luz violeta na alma.

Tempo real da Terra e da Lua