26/06/2010

ALMA, ESPÍRITO e CONSCIÊNCIA

Questão: pode-se comunicar com a alma de uma pessoa que está no coma?

Isso é possível, o que não quer dizer que seja evidente, mas, entretanto, isso pode existir.
Não se esqueça, entretanto, que, a partir do momento em que você está nesta Dimensão, comunicar-se com as outras Dimensões necessita a abertura de certos canais que não são naturais em você, mas que se ativam a partir de certo trabalho.

Assim, portanto, é lícito e possível comunicar-se com uma alma que estaria no coma.
Comunicar-se com uma alma não é, todavia, comunicar-se com o Espírito, o que está novamente em outra Dimensão e em outro plano Vibratório.

***

Questão: comunicar-se com a alma é uma forma de redução?

A alma é a coloração e a interface, ela é amortecedor entre o corpo e o Espírito, criada pela própria existência nesta Dimensão.


Entretanto, muitos seres, muitas Consciências, empregam indistintamente a palavra alma, a palavra Espírito e a palavra Consciência, quando se trata de três mundos Vibratórios profundamente diferentes.

***

Questão: é possível comunicar-se com a alma de uma pessoa no coma e ajudá-la então a voltar a se integrar, se ela o deseja?

Obviamente.

***

Questão: é possível comunicar-se com a alma de outra pessoa, viva, para ajudá-la a se elevar, se é seu desejo?

Bem amado, com que direito você violaria o livre arbítrio de uma alma, quem quer que seja ela?

***

Questão: se é a escolha desta alma, se é sua vontade.

Se é a escolha da alma, ela não precisa de você.


Não há nada pior, em sua Dimensão, que querer algo para alguém, porque isso vai ao contra a lei Unitária e a Liberdade.


Você reforça, com isso, as leis de ação/reação e não libera o que você conta liberar.
Você se prende, tão firmemente, a esta alma como se casando.

***

Questão: se é a pessoa que faz esse pedido, ao nível de sua alma?

A alma é um meio. A alma não exprime a vontade do Espírito, a alma tem uma coloração ligada ao sentido de sua encarnação.
Assim, portanto, agir ao nível da alma é profundamente prejudicial à Consciência em questão.
Não confunda alma, Espírito e Consciência.
A alma pertence a esse mundo da dualidade
.

***

Questão: quais são as diferenças entre alma, espírito e consciência?

A alma é o meio entre o corpo e o Espírito.
O Espírito é também denominado corpo de Estado de Ser, seu corpo espiritual que acaba de ser liberado do Sol.
A alma é o meio, colorida de certo modo, em relação a suas funções, no sentido desta encarnação, na personalidade.
O impulso da alma, nesse momento, reflete geralmente o impulso do Espírito.

A Consciência é muito mais ampla. Ela engloba ao mesmo tempo a alma e o Espírito, mas também as Dimensões bem além do Espírito, traduzindo a comunhão e a comunicação que podem existir com as diferentes Dimensões Unificadas.

Assim, querer agir sobre uma alma que lhes pede não é a garantia da autenticidade de sua ação, porque o que é expresso pela alma não é sempre o reflexo do Espírito ou da Consciência.

***

Questão: há um indicador para se estar certo que é o Espírito ou a Consciência que se expressa?

Não, não há, geralmente é sua vontade de desempenhar o papel de salva-vidas e de salvador que intervém, e absolutamente não a Unidade.

A Unidade é.
Ela não precisa ajudar porque ela própria se ajuda, ajudando-se a si em sua Unidade.
O que quer dizer que, a partir do momento em que você desce o nível Vibratório, na necessidade de ajudar ou de socorrer, você se afasta de sua Unidade.

Isso foi amplamente utilizado pelas forças que chamariam de dualistas.
Isso corresponde a algo próximo do que disse Cristo: você quer dar o peixe ou ensinar a pescar? Não é a mesma coisa.

É assim que, no final, se chega à situação que vocês vivem nesse sistema solar desde 300.000 anos.
A ajuda, em contribuição e em relação à Consciência e ao Espírito, consiste simplesmente em efetuar o trabalho de elevação Vibratória que lhes diz respeito.

Por sua elevação Vibratória e por seu acesso a sua própria Existência, você realiza o trabalho de ancoragem da Luz como foi assinalado e dito pelo Arcanjo Miguel.

A partir do momento em que sua vontade pessoal intervém, mesmo com relação à vontade de outra pessoa, você viola o que é chamado o livre arbítrio e impede o outro de encontrar sua Liberdade.

***

Questão: é possível, para um ser humano encarnado, entrar em contato com a Fonte?

Sim, é, aliás, o objetivo do que vocês têm a viver durante este último período na 3ª Dimensão.
Contatar sua própria Fonte ou seu Espírito de Verdade, seu corpo de Estado de Ser, os coloca, de maneira instantânea, em contato com a Fonte.

Não confunda alma, Espírito e Consciência.
A alma pertence a esse mundo da dualidade.



Nossa alma é espiritual. Ela tem três capacidades ou potências: a capacidade de aprender abstratamente, ou inteligência; a capacidade de querer, ou vontade; e a capacidade de sentir (alegria, tristeza, raiva, amor, tédio, angústia etc), a sensibilidade.

Inteligência, vontade e sensibilidade não são partes da alma, que, sendo espiritual, não pode ter partes. Só o que é material tem partes componentes. Portanto, sendo a alma simples, ela não pode ser decomposta. Por isso a alma é imortal.

Espírito é o fôlego de vida proveniente da Fonte;
Alma é a união do corpo com o fôlego de vida, ou seja, a pessoa como um todo. Isto é apoiado pelo texto de Deuteronômio 10:22. Exemplifiquemos isto:
Digamos que você tenha uma lâmpada e não tenha e eletricidade. Terá luz? Certamente não.
Agora suponhamos que você tenha a eletricidade, mas não tenha a lâmpada. Terá luz? Também não.
Para haver a luz, terá de ter a lâmpada e a eletricidade; apenas uma delas não bastará.
O mesmo se dá com a vida. Para existir vida, temos de ter o corpo e o espírito (fôlego de Deus/ PAI/ FONTE DE LUZ). Caso contrário, não temos vida; somos inconscientes. Como disse Jesus:
“Isto dizia e depois lhes acrescentou: Nosso amigo Lázaro adormeceu, mas vou para despertá-lo. Disseram-lhe, pois, os discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. Jesus, porém, falara com respeito à morte de Lázaro; mas eles supunham que tivesse falado do repouso do sono. Então, Jesus lhes disse claramente: Lázaro morreu”. João 11:11-14.
Cristo comparou a morte a um SONO, confirmando assim o que diz Salomão:
“Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, porque a sua memória jaz no esquecimento. Amor, ódio e inveja para eles já pereceram; para sempre não têm eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol”. Eclesiastes 9:5-6.
Portanto:

Lâmpada + eletricidade = Luz.
Lâmpada - eletricidade = Sem luz.

Pó da Terra (corpo) + fôlego de vida (espírito) = Alma vivente.
Pó da terra - fôlego de vida = cadáver - sem vida.
A união do corpo com o fôlego de vida do ESPÍRITO DA LUZ resultou numa alma vivente. Assim, podemos ver que o homem “é uma alma”. (cf. Deuteronômio 10:22), não “possui uma alma”.
O fôlego de vida (espírito) humano, dado por Deus/PAI/ MÃE A Fonte de Toda A Vida (Salmo 36:6; Colossenses 1:17, etc) é o mesmo de todos os animais (leia Gênesis 7:22; Eclesiastes 3:19); isto quer dizer que este alento não pode ser algo inteligente, pois se o fosse, o fôlego de vida dos animais (o espírito) teria de ser algo racional também.

Quando morre o corpo, o fôlego de vida não mais existe; torna para Deus/PAI (Eclesiastes 12:7) (reintegra-lo, talvez, no ar). Sendo que este espírito (sopro ou fôlego de vida) não é algo pensante, na morte o ser humano deixa de existir como um todo.

Morte é a separação da alma e do corpo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Verá com melhor nitidez esse site, com os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Obrigada, pela visita. Beijos de luz violeta na alma.

Tempo real da Terra e da Lua