19/09/2010

CHAKRATERAPIA-PARTE I

A Cura do ser Muldimensional. Ao longo de nossas vidas nos tornamos extremamente dependentes de alternativas externas para curar nossas dores internas. No entanto, nesta busca incessante pela cura miraculosa percebemos que nosso corpo não é simplesmente uma complexa máquina biológica passível de conserto. Quantas vezes realizamos baterias de exames clínicos, tentando desvendar a causa de uma dor de cabeça crônica ou de um distúrbio digestivo recorrente. Quantas vezes falhamos na tentativa de detectar a origem de nosso desconforto físico e/ou emocional. Na realidade, muitas perguntas permanecem sem resposta e muitas pessoas continuam a carregar o seu pesado fardo de problemas imaginários, mas nem por isso menos doloridos.

Felizmente, o advento do paradigma holístico nos despertou a percepção de que o mundo exterior é, na realidade, um reflexo de nosso mundo interior, espelhando nossa consciência, pensamentos, emoções e sentimentos. Este novo paradigma veio validar, por meio de estudos científicos, a sabedoria dos orientais que vê o ser humano como um microcosmo dentro do macrocosmo.

O princípio holográfico, desvendado pela física quântica, confirma que os princípios que determinam o fluxo de energia através do universo são os mesmos que dinamizam o sistema energético humano, formando uma imensa teia dinâmica. Assim sendo, não somos partes separadas de um todo. Somos um todo. Conforme enfatiza Richard Gerber (1988), um dos pioneiros da medicina vibracional, há uma força vital sutil que organiza a estrutura dos componentes moleculares dos seres vivos, criando uma sinergia responsável pela renovação e reconstrução de seus veículos celulares de expressão.

Ao se manifestar neste abrigo biológico temporário da alma humana, nossa verdadeira essência foi encoberta e esquecida. Nossa sabedoria interior foi soterrada pelos escombros causados pelos nossos instintos de sobrevivência e nossa necessidade primordial de conforto e de prazer físico. Fomos criando bloqueios e couraças de ordem espiritual, mental, emocional e física no intuito de nos proteger de nossos medos e inseguranças. Nossa tendência a “reagir” ao invés de “agir” nos tornou escravos de nossos instintos inferiores e dos estímulos externos.

A espiritualidade e a ciência passam a coexistir, no momento em que o ser humano se torna consciente de que existe uma troca permanente de energia entre o indivíduo e seu meio e que, além disso, cada sistema vivo é responsável por sua auto-organização. Através da percepção de que os seres humanos são constituídos de energia densa e sutil, a medicina vibracional reconhece que é possível tratar a saúde e a doença sob um ponto de vista holístico. O resgate dos métodos de cura milenar dos orientais nos possibilita esta ampliação da visão do conceito de saúde e doença e, ao mesmo tempo, abre as portas para a possibilidade de pré-diagnosticar possíveis distúrbios físicos a partir de desequilíbrios energéticos.

É através da Chakraterapia ou Terapia Vibracional Integrada que ativamos nosso curador interior, criando benefícios de múltiplo alcance, tais como equilibrar nosso sistema energético sutil, acessar níveis de consciência mais profundos, nutrir nosso corpo físico com energia vital e espiritual, desenvolver nossa percepção corporal, abrir nossos corações para o afeto e a compaixão, reduzir ou eliminar desequilíbrios emocionais e físicos, resgatar a auto-estima e o prazer de viver. Utilizadas na Chakraterapia, as terapias vibracionais vão atuar em vários níveis ou freqüências, fazendo com que o potencial interno de cada um seja despertado e permitindo, desta forma, a transformação de aspectos da consciência que não estão em harmonia com nosso Eu interior.

Portanto, a cura do ser multidimensional através da Chakraterapia inclui, quando necessário, o “cuidado” de nossos corpos sutis com terapias vibra- cionais a fim de sentirmos novamente o livre fluir da força vital em todo nosso ser. Mais especificamente, a Chakraterapia representa um instrumento de ativação e potencialização da cura interna, na medida em que auxilia na limpeza e alinhamento dos nádis (canais energéticos sutis) e dos chakras (centros energéticos). Desta forma, o fluxo de energia vital é restaurado, ocorrendo o desbloqueio dos canais e centros energéticos e proporcionando bem-estar geral e sentimentos de inteireza. Assim, a sintonização com uma freqüência mais elevada possibilita o desencadeamento de uma movimentação sutil que conduz a mudanças profundas e permanentes no estado emocional e na consciência corporal do indivíduo.
A Chakraterapia é, pois, muito abrangente. Ela nos permite entrar em contato mais profundo com a realidade do nosso Eu interior para o resgate de nossa verdadeira essência A cura do ser sutil inclui o pensamento, a palavra ou a atitude positiva que escolhemos em nosso dia-a-dia. É o ato de reconhecer que não há erros, apenas situações de aprendizagem. É o ato de perdoar a nós mesmos e aos outros. É o fato de perceber que não há obstáculos, apenas mudanças, desafios e aprendizagens. Da mesma forma, implica em adotarmos um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada, exercícios moderados, higiene mental e meditação. A cura da nossa roupagem biológica inclui, acima de tudo, a aceitação da vida nesta dimensão, bem como a busca do bem-estar físico e da paz interior. Assim, lançar mão da Chakraterapia consiste em ativar recursos internos e externos com os quais buscamos purificar, alinhar e equilibrar a energia vital de nosso campo bioenergético. Acessando nosso sábio interior, potencializamos nossas condições de fazer escolhas mais sábias para transformar nossa vida num poema inspirado ou numa canção harmoniosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Verá com melhor nitidez esse site, com os navegadores Mozilla Firefox ou Google Chrome.

Obrigada, pela visita. Beijos de luz violeta na alma.

Tempo real da Terra e da Lua